09/01/2017

Nobody Sees: Capitulo 9 - Nada de beijos!

Resultado de imagem para chanel celaya png

Justin Bieber P.O.V
Eu não queria bater em Skylar, por que aquela vadia havia me ajudado, mas agora eu também não a quero de jeito algum, nenhuma mulher vai me ver arrastando para come-la, pois eu tenho quem eu quero a minha disposição e bem preparada. Quando Adam me buscou eu fui embora calado, sem explicar pra ele o que havia acontecido. Nem eu mesmo sei por que deu vontade de parar naquele banco e tirar tudo dele, eu podia ter me fodido e ter colocado tudo que eu tenho em risco, eu estava despreparado e sem equipe, mas como eu sou Justin e nada dá errado quando se trata de mim, eu consegui. 
Cheguei a minha casa e subi para meu quarto para tomar um banho, e fiquei lá durante um bom tempo, eu estava sem humor para fazer qualquer porra de coisa, deitei em minha cama e comecei a respirar fundo e de nada aconteceu então eu desci, pois eu estava com fome, pedi Marlene para preparar algo pra mim e assim ela foi fazer, graças a Deus que essas porras de empregaram voltaram a trabalhar. Se saí mais alguma lei, meu próximo alvo é o Obama pra ele deixar de ser babaca.
- Senhor, Bieber? - Marlene me interrompeu quando eu estava prestes  cheirar uma carreirinha no meu escritório.
- O que foi, porra? - perguntei sendo rude e ela estava com expressão de medo.
- Os garotos querem entrar - ela disse e eu revirei os olhos.

- Manda aqueles bostas vir - falei e ela assentiu e sumiu da minha frente. 
- Que caralho foi aquele, idiota? - Chaz entrou fervendo.
- Cara não me enche - falei com a mão sinalizando um basta.
- Não enche o caralho, Bieber, quase que todo mundo foi pro saco por gracinha sua - Chris falou chegando perto de mim e eu me levantei ficando de frente pra ele e Ryan tentou nos separar, mas eu o empurrei e ele tentou novamente e o Chris ficou me encarando e eu acertei um soco em seu rosto e ele veio pra cima de mim, mas consegui sair de seu soco e dei um murro em seu estomago. e Chaz me empurrou pra longe e pressionou seu braço em meu pescoço me prensando e me impedindo de ir pra cima do Chris.
- VOCÊS QUEREM FODER COM A EQUIPE? QUE SACO - Ryan gritou apontando para mim e Chris.
- O QUE DEU EM VOCÊS? - Chaz disse e soltando meu pescoço com raiva. 
- Vou mandar esse idiota pro lugar dele - falei apontando para o Chris.
- Então vem, Justin, babaca, está explicado por que levou um toco hoje da Skylar, ela fez foi bem, idiota - ele disse e meu sangue ferveu. Fui pra cima dele novamente e Ryan me segurou e Chaz segurou o Chris.
- VAI ESFRIAR ESSA SUA CABEÇA, BIEBER - Ryan apontou para a porta.
- E VOCÊ DESAFIA A LÍNGUA, CHRISTIAN - Ouvi-o dizer antes deu sair por completo. Peguei meu carro e decidi sumi por alguns dias. Que todos eles vão se foder. Parei no posto e enchi o tanque e comecei a dirigi sentido á algum lugar, eu estava passando na avenida principal, a do assalto, ainda havia policia ali e eu passei de vibro aberto e encarei os policiais sorrindo e eu podia ver seus rostos confusos e eu podia alguns entrando em seus carros. ERA DISSO QUE EU QUERIA. 
Acelerei toda a velocidade da minha Ferrari, podia sentir o chão pegando fogo e ouvi as sirenes procurando meu carro, mas eles nunca me alcançariam, pois eu já estava longe, nem os radares conseguiriam me pegar, essa adrenalina que me percorre me torna um homem diferente, eu deveria ficar com medo e não tenho, deveria surtar, mas eu surto as pessoas. 
Estacionei em uma das minhas boates e já fui para a sala das garotas e encarei as melhores que havia ali e apontei pra duas, elas se encaram como se tivessem ganhado o mundo e elas me seguiram até o quarto premium dali, que só eu tinha acesso.
Quando entramos a morena já desceu seu vestido e eu encarei seu corpo, ela era gata, mas eu não fiquei com aquela vontade de foder ela. A loira chegou próximo a fim de me beijar e eu não deixei. 
- Não beijo vadias - falei serio e ela apenas deu ombros e desceu até meu pau e começou a chupa-lo, a morena ficou em posição para eu conseguir alcançar com minha boca, seu peito. Aquilo estava entediante, Skylar veio na minha cabeça, aquele dia na casa dela, que ela ficou por cima de mim e fez uma porra louca com a bunda que eu quase gozei e eu ainda nem estava nu. Essas vadias não sabem foder porra nenhuma. Empurrei a loira para o chão me subi minhas calças.
- Vocês são uma merda - fui ignorante mesmo, abri a porta e desci para o balcão.
- Larissa, demite as duas que subiu comigo - falei e fui para o estacionamento. Peguei meu celular que estava no porta luvas e disquei o numero da Skylar.
- Me esquece, peste ruim - ela atendeu e eu dei uma risadinha.
- Preciso te ver com urgência - falei com tom sério.
- Não vou te ajudar em nada, Justin, estou falando sério, me deixa em paz - ela disse e eu dei um sorriso, adoro quando ela tenta ser difícil comigo. 
- Estou falando sério, porra!- engrossei a voz.
- Eu também, caralho! - esbravejou
- Skylar eu te ligaria pra você se não fosse sério? Eu nem tenho motivos pra ouvir sua voz, garota - falei revirando os olhos e sentindo algo estranho logo em seguida, como se eu tivesse contado uma mentira. 
- Onde você está? - ela disse cedendo por fim.
- Eu passo onde você estiver - falei e ela disse que ela estava na casa dela ainda.
Fui até lá e estacionei na porta e ela estava sentada com um short jeans e uma regata simples, ela mexia em seu celular e olhou em minha direção quando viu o carro sendo estacionado, ela se levantou e veio andando, ela parecia uma menina, eu olhava pra ela toda vez que eu a via e eu não consigo enxergar aquela vadia que eu via em festas.
Ela entrou no carro calada e se virou para a janela e eu dei uma risada.
- Está com raivinha? - impliquei.
- Hoje eu quase fui pega pela policia por sua causa e sua presença em incomoda - ela disse me olhando e fazendo uma cara de deboche. 
- Mentira sua - falei e dei partida ao carro.
- O que você queria? E onde estamos indo? - perguntou, sua voz estava rouca, isso a tornava mais sexy ainda. 
- Pra algum lugar - respondi mantendo meus olhos na estrada.
- Sem gracinhas Sr. Bieber - ela disse me olhando sério e quando ela me chamou daquela forma meus cabelos se arrepiaram. Meu Deus!
- Estou falando sério, não sei onde estamos indo, estou afim de andar por ai e fazer umas porcarias - falei simples e ela acertou um tapa de leve no meu ombro e eu apenas dei um risada.
- Seu humor está bom, o que aconteceu? - ela disse se virando um pouco pra mim.
- Não sei, não tenho motivos para estar de bom humor, por que geralmente você tira ele, e hoje aconteceu muita coisa, e mesmo depois da gente ter discutido eu fiquei com vontade de fazer uma coisa. 
- Que coisa? - perguntou, aos poucos vi uma estrada vazia e silenciosa, fui andando até lá e parei meu carro e olhei para Skylar.
- Quero transar com você, Skylar e você sabe que eu te deixo louca - falei atacando seu pescoço e tirei seu cinto, eu vi que ela já estava respirando fundo e eu a empurrei no banco e fiquei por cima.
- Você tem que me foder, se não eu não quero - ela disse soltando uma risada e sua mão foi no meu pau e eu mordi os lábios. Ela tirou meu pau pra fora e começou a estimular, beijei seus seios e tirei sua blusa e ela desceu seu short que saiu junto com a calcinha. Aquela mulher estava completamente nua na minha frente, meu pau já estava ereto e doido para entrar dentro dela. Ela começou a roçar seus lábios nos meus e eu desviei. 
- Não gosto de beijar vadias na hora do sexo - falei e peguei uma caminha no porta luvas e coloquei e ela a ajustou, entrei dentro dela, percebi que seu olhar era de surpresa misturado com ódio e luxo. Eu tentava decifrar o que passava na cabeça dela á eu recusar um beijo dela, mas eu não ligo, eu quero é foder ela.
Skylar Mayer P.O.V
Então era isso? Ele iria me tratar mesmo como vadia? Ok, Bieber. E eu vou te torturar igual uma vadia faz, ou melhor, como eu fazia antigamente com todos os homens, Bieber, você acabou de me implorar para sofrer na mão da pior vadia que já existiu.
- Então se prepare para a tortura de uma vadia bem preparada - falei e o empurrei em seu banco de motorista e apertei o botão que havia ao lado da poltrona para arredar os bancos da frente um pouco para trás, puxei o cabelo dele para o lado e gemi cheia de rouquidão em seu ouvido e deixei seu pau me penetrar, comecei a dar leves reboladas e uma mão arranhando seu abdômen e a outra vagando por sua nuca e uma coisa eu digo, Justin não estava mais lúcido. Mordi seu maxilar, seus ombros e ele tentava aumentar minha velocidade e eu sempre a reduzir e dava leves rebolados sensuais que faziam as gotas de suor dele ficarem mais rígidas e frequentes. 
- Para - ele murmurou - anda, Sky - ele disse tombando a cabeça e eu estava roçando meus seios nela e comecei a rebolar forte.
- Assim Bieber? - falei aumentando minha velocidade.
- Sim - ele disse vindo até meus seios e bocanhando-os sem dó, começou a morder meus mamilos e eu me segurava para não gemer.
- Assim eu não gosto, eu gosto devagar - sussurrei e voltei a fazer o mínimo e o mais gostoso movimento do mundo. Mordi meus lábios e ele estava querendo os atacar, mas por honra eu não deixaria fazer isso novamente, por muito tempo.
Sai de dentro dele e ele me olhou confuso, me virei de costa pra ele e me sentei novamente e ele agarrou minha cintura e começou a si movimentar e eu comecei a quicar em uma velocidade absurda de rápido e ele soltou um gemido perto do meu ouvido e  ele tirou meus cabelos que estava grudados do lado do meu rosto e começou a morder aquela área, ele chegou ao ápice e eu também, mas eu queria mata-lo então eu continuei e ele me apertou com força, pois eu sei que isso é uma sensação tentadora para qualquer um. 
- Skylar - ele gemeu cravando seus dentes no meu pescoço e o sugou. Eu sai ele rapidamente sorrindo  e ele estava respirando rápido e bufando. 
- Bieber, sobe esse seu pau, eu quero mais - falei mordendo os lábios e ele me olhou com uma cara de "Você está me zoando?"
- Vem então, vadia - ele puxou minha mão e arredou, terminei de te tirar sua calça e tirei aquela camisinha e bocanhei seu pau e comecei a delicia-lo, Justin prendia meu cabelo com uma mão e a outra estava no volante, estava apertando forte. Seus músculos estavam rígidos e ele estava mordendo os lábios e ele estava ficando tão sexy daquele jeito. 
Quando ele gozou pela segunda vez, ele me jogou com brutalidade e atacou minha vagina com suas mãos e sua boca. Começou a me estimular e me chupar ao mesmo tempo, eu soltei um grito abafado e arranhei minha garganta com aquela sensação maravilhosa, ele começou a penetrar seus dedos e em poucos segundos eu cheguei ao meu limite novamente e ele veio pra cima de mim e entrou, eu estava suada e quente, a nova camisinha dele estava mais escorregadia e me dava mais prazer. Quando chegamos ao ápice ele saiu de dentro de mim e eu me sentei no banco e coloquei minha calcinha, depois meu sutiã e depois o restante da minha roupa, nem esperei ele falar nada, por que provavelmente sairia algo que me magoaria.
- Essa foi a melhor que tivemos e olha que hoje você negou sexo á mim - ele disse dando pausas por causa da sua respiração e ligou o ar condicionado, pois estávamos cansados e suando.
- Pronto agora pode me levar pra casa - falei colocando meu cinto  e o ignorando.
- Pra que ir embora agora? - ele disse terminando de colocar sua roupa.
- Me leva pra casa, você queria sexo, eu te dei - revirei meus olhos.
- Vai tomar no cu, Skylar - ele disse bufando e eu gargalhei.
- O que foi, Porra? - falei rindo não entendo sua reação - Está ficando tarde e amanha cedo eu tenho escola - expliquei.
- Você é muito menina, puta que pariu - ele disse bufando e ligando o carro.
- De que porra você está falando? Acabei de te mostrar que de menina eu não tenho nada, eu sou é idiota por que eu tinha prometido que não transaria mais com você, mas agora eu vou te torturar até você não aguentar mais - falei lançando meu olhar mais sexy e ele me olhou atento.
- Só por que eu não deixei você dormir na minha casa e não quis te beijar? Eu sei que você pira em mim, Sky, não mente - falou começando a dirigir e eu gargalhei.
- Está bem longe disso, Bieber - falei meus sinceros sentimentos. - Por que você me chamou pra vir aqui e não fomos pra sua casa?
- Eu estava a fim de sair de casa, eu briguei com o Christian hoje e eu precisa esfriar minha cabeça, eu tentei ir a uma boate, mas eu fiquei entediado e eu lembrei de quanto sua transa é foda e você veio e meu humor voltou - falou me olhando e ele não dirigia naquela velocidade absurda, ele estava tão calmo, parando nos sinais.
- Você podia ser assim sempre, ninguém merece receber suas patadas - falei o mais calma possível pra ele não entender na forma errada.
- Você gosta do meu jeito, nem vem – falou.
- Verdade, acho sexy esse lance Bad Boy, mas não precisa ser sempre, tipo você está andando devagar, esse é o Justin Bieber legal, que respeita pelo menos os sinais - falei rindo e ele me olhou firme e abriu um grande sorriso.
Senti os vidros serem abertos e eu o olhar assustada, o que ele estava fazendo? A velocidade me assustou, ele sorriu abertamente pra mim e meus cabelos começaram a voar e o vento forte bater contra nós, não havia carro que conseguisse o ultrapassar, a adrenalina me invadiu e um sorriso gigante surgiu, a velocidade estava além do possível, os dois idiotas sorrindo com aquela puta adrenalina e loucura, Justin passava por todos os sinais e virava as esquinas bruscamente me fazia gargalhar e ao mesmo tempo pedir a Deus para segurar aquele carro e não deixar o IMBECIL AQUI BATER ESSA PORRA.
- VOCÊ QUER ME MATAR? - gritei rindo quando ele parou enfrente a minha casa
- Vai falar que não gostou? - ele chegou bem próximo de mim e sorriu, sorriso desse bosta era tão fora do comum.
- EU amei - gargalhei e ele atacou meus lábios, mas eu o impedi antes que chegassem a encostar. Desci do carro antes que ele tentasse algo, cheguei à janela com meu olhar mais sedutor - Você não beija vadias, Bieber. 



CONTINUA? + 7 COMENTARIOS??

SEJAM BEM VINDAS AS NOVATAS! OBRIGADA PELOS 10 COMENTARIOS, E SIGAM O BLOG!

Por favor meus amores, se vocês leem o blog, seguem ele, para me ajudar, alem de você receber notificação de postagens, é muito importante pra mim. e COMETEM, por favor esse é o MAIS importante, COMENTAR, por que valoriza o que eu escrevi e mostra o que vocês acham....
GATAS, SINTAM-SE LIVRE PARA FALAREM COMIGO, SOMOS TODAS VADIAS LOUCAS, SOU DOIDINHA, DOU LIERDADE, NOIS É FAMILIA AQUI!!

Beijinhosss da Mandssss!!!

12 comentários

  1. OH MY FUCKING GOD! Está lindo, perfeiiiiito, está mesmo muito bom eu nem consigo descrever!..
    Por favor continuaaaa o mais rápido possível senão vou ficar chateada😂😂👏👏👏👏👏😍😱💏😏 bjs da tua única fã de Portugal e a mais feliz!💫💕

    ResponderExcluir
  2. AHHHHHHHHHHHHHHHHHH VOCÊ QUER ME MATAR DO CORAÇÃO, NÃO É POSSÍVEL!!!!!!!!! Mano, eu passo mal com essa fanfic, tá mt foda, sério! Esta se tornando a minha preferida, se já não é hehehehe ❤ tenta postar o mais rápido que vc puder, eu sei que é chato ficar apressando, mais eu tô respirando essa fic HAHAHAHAHAHAH JÁ AMO FORTE ❤️❤️❤️❤️

    ResponderExcluir
  3. continua tá muito fodaa😍😍

    ResponderExcluir
  4. Sky é a melhor vadia de todas
    Continuaaa 💜😍😂😂

    ResponderExcluir
  5. (Leitora nova) Continuaaaa�������� Vc é a dona do blog q faz imagine belieber o imtercambio?? Se for pfvr continua com os capitulos

    ResponderExcluir
  6. E agora nós vemos um Bieber comendo na mão da Sky!!!
    C.O.N.T.I.N.U.A PLEASE tô pirando aqui 😭 😭 😭 😭
    Essa fic é M.A.R.A.V.I.L.H.O.S.A 😍 😍 😍 😍

    ResponderExcluir
  7. Aí meu Deus, que que tá acontecendo? Que fic M.A.R.A, CONTINUA PELO AMOR DE DEUS
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Continuaaa tá muito fodaaa❤

    ResponderExcluir