23/01/2017

Nobody Sees: Capitulo 11 - Barbecue Parte II

Resultado de imagem para Justin Bieber gif all that matters

Skylar Mayer P.O.V

Algo picou Justin hoje, tenho certeza, não tem base ele está tão calmo comigo e me tratando como uma conhecida, um dos motivos deu não querer vir e saber como brigaríamos sabendo do nossos histórico de discussões, ele é um idiota e eu não posso fazer nada, mas eu adorava a ideia de saber que ele está tão vulnerável a mim e louco para cair na cama junto com a gostosa aqui. Fiquei triste por que a Agnes foi embora envergonhada, mas o pessoal aqui já está mais que acostumado com essas atitudes dele. 

- Skylar uma vez ganhou um concurso em uma festa, ela ganhou um estoque de Vodka - America disse e eu sorri me lembrando daquele dia.

- Concurso de que? - Adam perguntou 

- Quem preparava a melhor bebida e tivesse o nome mais escroto - falei dando uma risada.

- O que você preparou e qual era o nome? - Justin perguntou dando um gole em sua bebida.

- Suco de pêssego com Vodka, cachaça, catuaba e limão, chamou "Pau na Tcheca" - falei rindo e todos gargalharam. 

- Prepara pra gente - Chris disse se sentando novamente ao meu colo e beijando meu ombro

- Não, eu não bebo mais - falei calma e fiz uma cara de desapontada.

- Estou aqui, Sky, se você beber muito eu te paro e te levo pra casa - Mare disse como forma de consolo.

- Não, você disse isso quando viemos aquela vez pra festa do Justin e você se lembra? Me deixou sozinha com esse coco em pessoa - falei apontando para Bieber.

- E você viu aonde você parou... - ele disse


- Na sua poltrona acordando com você gritando no meu ouvido - respondi me recordando do dia.

- E depois? - ele disse tentando alfinetar nossa primeira transa.

- Fui embora - respondi acabando com suas expectativas e ele ficou sério.

- Vai se foder então - ele disse fechando a cara e eu ri.

- Aé, depois você fez isso - falei o que ele tanto queria se gabar para os caras que eu conheci hoje, homens tem uma merda de competição que eu não entendo.

- Pensei que tinha esquecido... - disse ele sorrindo

- Ta bem em irmão... - Jaxon disse olhando para o irmão.

- Mentira dele, estamos brincando - falei rindo, ainda bem que Justin não ouviu eu desmentindo, se não ele começaria com esse assunto e as pessoas não precisam ficar sabendo pra quem eu dou... Ou melhor, transo. Ah foda se.

Eu estava sentada conversando com o Jaxon e Laryssa, apesar dele ser irmão do Bieber, ele tinha um humor agradável, me cantava as vezes.

- Só não canto a Laryssa por que ela é irmã do Jordan - Jaxon piscou pra ela que acertou um tapa em seu braço.

- Jaxon você já ficou comigo - ela disse sem entender ele e ele gargalhou

- Mas seu irmão não sabe - ele disse dando um gole em sua bebida e eu ri.

- Sei sim, otário - Jordan passou sério e parou em frente Jaxon - Só não te matei por que é irmão do Bieber - ele disse e Jaxon sorriu,

- Vantagem - se gabou.

- Vai bestão - Jordan falou e deu uma risada e saiu para pegar algo na geladeira.

Comecei a sentir meu corpo doer, percebi que na verdade eu estava cansada por que eu ando treinando muito e me alimentando ruim e dormindo mal, isso tudo está me deixando acabada, então eu já estava querendo ir embora, mas Mare aparecia feliz demais então eu não estragar a volta dela e de Ryan, e parece que ele realmente"mudou", está carinhoso demais, chega a ser até suspeito.

- Sky, mostra pra ele aquele golpe do braço - Mare disse empolgada pra mim.

- Que? - Falei me direcionando a ela.

- Adam disse que duvida você fazer aquilo do MMA, com o braço, não sei falar o que é - ela explicou e olhei pra Adam que me olhava com cara de deboche.

- Você é muito idiota, até eu já apanhei dela - Justin disse e deu um soco de leve do amigo.

- Vem pre cima, gatinha - ele disse e eu me aproximei dele e com apenas um braço o segurei e com o outro eu quase quebrei a área de seu cotovelo, ele gritou e todos gargalharam da sua fragilidade.

- Esse? - perguntei rindo e ele me olhou sério.

- Você é lutadora, não é? - perguntou sorrindo

- Sim - respondi o mais meiga possível.

- Gostosa igual as de luta livre - Jordan disse pra mim mordendo os lábios.

- Meiga igual coice de mula - Mare completou e todos riram.

No fim do dia, Jordan, Laryssa e Adam havia indo embora, Ryan e America estavam em um banco longe, fazendo sei lá o que, sei que o clima lá estava maravilhoso para os dois, e eu estava bebendo um copo de água para poder pegar o carro e ir embora, até que senti duas mãos rodando minha cintura e eu reconheci quem era por causada das tatuagens que estava no braço.

- Justin - me desfiz e terminei de tomar minha água

- A gente pode subir se você quiser

- Estou cansada, Justin, e eu vou pra minha casa agora - falei e tentei sair de seus braços, mas ele me prendia.

- Pode dormir aqui se quiser - ele disse ao pé do meu ouvido

- Nunca mais chego perto de nenhum quarto seu, Bieber, se você quiser venha até mim - falei bem próximo do seus lábios.

- Você disse mais cedo que nem me beijaria e olha a sua proximidade - ele disse segurando firme minha cintura e tentou me beijar quando eu revidei

- Não vou, pode ficar despreocupado, foi só pra te atiçar e você ficar querendo - sorri falso e ele fechou a cara.

- Vadia, você acha que pode ficar brincando comigo?

- Não gostou? Devolve meu carrinho - falei com sarcasmo - Agora eu vou indo, Bieber, minha casa me espera - falei e o empurrei e fui até a garagem e dei um grito para America vir, e depois de alguns minutos ela apareceu com um sorriso no rosto e fomos embora. Ela me deixou na minha casa e eu fui direto para cozinha, comi uma salada reforçada, com suco e proteína artificial e fui para o banheiro da minha mãe que tinha banheira de hidromassagem e tomei um banho quente e relaxante. Me enrolei em uma toalha e fui andando para meu quarto e entrei no meu armário e senti alguém me agarrar por trás fortemente e eu sempre confirmo quem é por causa do cheiro e do jeito.

- Como conseguiu entrar? - falei sem me mover e deixei com que seu perfume invadisse minhas narinas e meu corpo nu por baixo da toalha não pegasse fogo de encontro ao seu corpo.

- Achou que ia na minha casa, falar o que queria, me atentar e ir embora sem eu fazer nada? - ele disse mordendo meu ombro - Você acha que eu sou o que? Um boiola que fica obedecendo mulher? Que se derrete? - ele disse distribuindo beijos por toda aquela área até meu pescoço e eu já estava de olhos fechados sentindo o calor de seus toques. - Skylar, eu quero e vou te foder em todas as posições possíveis, e sabe de quem é a culpa? - ele perguntou e eu o olhei pelo espelho e ele me encarou por lá também e disse - Sua, por que você é fora do comum de gostosa, e aquele seu vestido me despertou uma vontade que só você pode tirar.

- Não quero e não vou fazer nada com você - falei decidida e o encarei de frente.

- Não é isso que suas pupilas dilatas dizem - ele debochou

- Vai embora - disse firme e ele cruzou os braços - VAI EMBORA AGORA - falei lhe dando um empurrão e Justin segurou meus braços e me prensou fortemente na parede e me fez o encarar.

- Presta atenção garota, se tem medo de bandido, não entra pro crime - disse ríspido - Minha paciência esgotou - ele disse puxando minha toalha e ela caiu no chão e ele pousou suas mãos em minha cintura e me fez o encarar.

- Você quer me estuprar, é isso? - perguntei sarcástica

- Eu quero te foder

- Sem eu querer? - rebati

- Você está com medo por que Agnes pode ser melhor que você? Que eu chamei ela para meu churrasco para me acompanhar e não você? Está com medo de mostrar pra mim que não é capaz de nada? - ele disse com um tom de ameaça e suborno

- Você sabe do que eu sou capaz... - falei

- Não sei, você me mostrou o que qualquer uma mostra - ele disse sussurrando e eu o empurrei fortemente na minha cama e fui pra cima dele, puxei sua camisa e fui de encontro ao seu pescoço e comecei a chupa-lo enquanto uma de minhas mãos fazia o trabalho por dentro de sua cueca, sua mão apertou minhas costas com força e eu fui descendo pelo seu abdômen e dando fortes mordidas e beijos e Justin soltava várias merdas e grunhidos de sua boca em aprovação. Seu pênis estava ereto e pulsante, cheguei com a boca nele e Justin gemeu e apertou meus cabelos, eu tirei sua bermuda fora que saiu junto com sua cueca e passei a língua devagar na cabecinha de seu pau e ele arfou forte, aquela tortura ficou até eu terminar todo meu serviço e subir novamente para seu rosto e o encarar com meu ponto de maior vulgaridade possível, por alguns segundos, Justin pegou meu rosto próximo do dele e ficou me encarando, me encarando tão fundo como se quisesse buscar algo ali dentro, ele tentou me beijar, mas eu não deixei.

- Para com essa porra, você vai me beijar sim - ele disse pegando meu rosto e tentando me beijar, mas isso eu não faria.

- Se ficar tentando, a gente para por aqui - falei ao pé do seu ouvido e ele puxou meu braço e me colocou de quatro na cama, sem esperar ele enfiou aquilo dentro de mim e começou a dar fortes entocadas e eu fui o ajudando fazendo movimentos de frente para trás, e eu fazia questão de conter meus gemidos só para ele ficar puto.

- Geme, Skylar - ele disse acertando um tapa em cheio na minha bunda e eu gritei e soltei um gemido rouco e abusado e apertava os lençóis quando ele tocava meus clitorios com sua mãos, isso era tão bom.

Eu não estava satisfeita quando ele gozou pela primeira vez, o deitei na cama e virei de costa pra ele e sentei em seu pau com ele tento visão das minhas costas e da minha bunda, suas mãos foram nos meus seios e comecei a quicar e rebolar de acordo com meus pontos prazerosos, ele mordeu todas minhas costas e ficava louco a cada rebolada profunda que eu dava. Antes dele e eu chegar ao ápice eu sai de cima dele e me pus de frente, frente a frente com seu rosto, que estava a procura de algo para beijar, ele foi nas minhas orelhas, e me sentou em cima dele novamente e eu fazia rebolados de frente para trás e ele gemia grosso junto ao meu gemida fino e rouco.

- Você é tão gostosa - ele disse saboreando meu pescoço

- Quem é a melhor, hein? - falei quicando rapidamente e soltando gemidos altos.

- Você - ele disse com os olhos fechados me ajudando com os movimentos.

Após os dois chegarem ao limite, Justin me deitou na cama e foi na vagina e a devorou com os lábios,  sua linguá me sugava, explorava cada canto dela, aquilo ali pra mim era melhor que penetração, eu amava de paixão uma oral ainda mais quando se trata de uma pessoa que sabe fazer isso tão bem, eu gemia descontrolada, colocava a mão em meus cabelos e e sentia aquela adrenalina invadir cada canto do meu corpo, cada espaço era preenchido por prazer e isso me fazia sentir viva.

Quando ele acabou eu não aguentei, eu precisava de mais.

- Você tem que aguentar outra, Bieber, eu fui a única que fez movimentos até agora - falei o puxando pra cima de mim

- Com prazer, gatinha - ele disse enfiando seu pau novamente em mim e seu rosto foi aos meus cabelos, ele sempre fazia isso nessa posição, ele começou a meter e meter e eu sentia a felicidade dominar tudo por aqui. Sexo é demais, eu amo transar.

Eu demorei muito para chegar ao limite, Bieber quase não aguentou, as eu fiz ele continuar até eu chegar, por que eu queria ficar 100% satisfeita por que garanto que ele está.

Cai na cama respirando alto e rápido assim como o idiota ali - olhei pra ele que me olhava incrédulo.

- Cara - ele disse dando uma pausa para sua respiração - Meu Deus do céu - ele disse olhando para o teto e eu tentei dar uma risada, mas eu estava sem gás até pra isso.

- Nunca mais me subestime - disse séria.

- Com uma transa dessa, eu fico sem transar uma semana tranquilo - ele disse ainda em choque.

- Agora eu quero que você vai embora - falei por fim, sendo seca.

- Vai ficar nesse joguinho até quando? Ok, eu fui um filho da puta com você - ele disse me olhando e me puxando para ficar em cima dele.

- Não muda nada, quero que vai embora - falei séria e ele percebeu que eu estava falando sério.

- Eu quero te beijar

- Vai ficar querendo, já disse - falei e tentei sair de cima dele e ele me impediu - Para, Justin, eu não quero e não vou, você não beija vadias - falei tentando me soltar dele até que eu consegui e fui para o meu banheiro e tranquei a porta antes dele vir, tomei banho e coloquei um pijama, já que o banheiro ficava dentro do meu armário.

Eu sai na esperança de Bieber não estar lá mais, mas sim, ele estava, sentado na minha cama, mexendo na minha caixa de coisas que eu fui lá e tomei da sua mão.

- Você é toda menina, que merdas cor de rosa e de menina é essa? - ele perguntou rindo, e ele já estava de roupa quando o encarei.

- E é da sua conta? - rebati - Não te mandei ir embora? - falei apontando para a porta.

- E por acaso você manda em mim? - ele rebateu com o mesmo tome levantando o cenho.

- Você é um merda, isso sim - falei saindo do quarto e ele veio atrás.

- Não te entendo, você na mesma hora que me quer perto, quer longe - ele disse

- Nunca te quis perto - fui extremamente seca

- Sexo é colado até demais.

- Sexo com você é bom, é a unica coisa que me faz ficar "perto" de você - falei e me sentei no meu sofá e ele veio se sentando ao meu lado.

- Rola outra?

- Não - cortei o assunto novamente

- Você está dando pra quantos caras ultimamente? - ele perguntou e eu engasguei com minha saliva

- Que merda é essa? - me alterei

- Só uma pergunta, quero saber quem mais está sendo sortudo de ter uma gostosa dessa - respondeu - E quem vai morrer - ele disse sério.

- Bieber, cala a droga da sua boca, isso não te interessa - falei me levantando e ele me puxou para seu colo

- Quantos e quem, Skylar? - perguntou mais uma vez

- ISSO NÃO TE INTERESSA - gritei com os olhos ardendo ódio e ele ficou sério.

- EU QUERO SABER QUEM E QUANTOS, POR QUE MULHER QUE DÁ PRA MIM MAIS DE UMA VEZ, TEM QUE APRENDER QUE COMIGO É DIFERENTE, OU É EU OU O RESTO - ele disse apertando meus braços e eu os tirei de mim

- E você pode ficar com todas? Eu estava nem aí pra você e pra Agnes, por que você quer vir me encher a porra do saco?

- Por que eu sou Justin Bieber

- E eu Skylar Mayer

- Skylar você é a pior das vadias, deve ter dado até pro Chris - ele disse mordendo raiva e eu quase lhe acertei um tapa se sua mão não tivesse me impedido.

- Seu idiota, cretino - cuspi as palavras - Foi só você, depois daquele dia aqui em casa, só você, o único sujo e rodado aqui é você, mas pode deixar, eu já percebi que seu pensamento em mim não vai mudar, então quem vai mudar isso sou eu - respirei e continuei - se você tinha alguma chance de continuar com e essas transas e festinhas, acabou. Cansei de você, Bieber, tem coisa melhor por aí - fui suja e baixa com as palavras, mas foi preciso.

- Você nem dorme mais sem pensar em mim, Skylar - ele disse

- Você que não dorme sem pensar no meu corpo, quantas vezes você foi atrás de mim? - disse bem próximo de seus lábios e ele estava inquieto. - Quantas? - repeti - TODAS - ressaltei todas as vezes que havíamos ficado.

- E não arrependo, por que você ficou mansinha depois de ser fodida por mim - ele se gabou

- E você caidinho quando conheceu o que é uma foda de verdade

- Por que a gente está brigando feito casal? - ele disse apertando minha bunda

- Simples, por que você é um idiota

- Já me chamaram de coisa pior - ele disse beijando meu maxilar - Você agora é minha, Skylar, só minha - ele disse puxando devagar minha orelha.

- Nunca fui, não sou e nunca vou ser - fiz a mesma coisa com sua orelha e ele me apertou

- Você só acha que não - ele disse segurando meu rosto com força.

Nossas respirações estava ficando pesada e eu estava me segurando muito para não beijar ele, mas era tão doloroso pra mim fazer essas coisas, por que o evitar é o melhor pra mim, e eu fico sedendo sempre. Me odeio por isso.

- Me beija, porra - ele disse com uma voz tão calma, e eu fui chegando perto, rocei nossos lábios com calma, sua mão subiu minhas costas até meu pescoço e segurou meu rosto com delicadeza e roçou nossos narizes pronto para o beijo, mordi seu lábio inferior de leve e suspirei.

- Não.



CONTINUA? + 8COMENTARIOS??

POR FAVOR, SEM DIMINUIÇÃO DE COMENTÁRIOS, FAÇAM A PARTE DE VOCÊS POR FAVOR, É MUITOOOO IMPORTANTE OS COMENTÁRIOS E EU SEMPRE FICO MUITO FELIZ EM LER TODOS! COMENTEMMMMMMM  E SEGUEM O BLOG

Beijinhosss da Mandssss!!!

14 comentários

  1. Continuaaaaa����������

    ResponderExcluir
  2. AIIII EU AMO MUITO ESSA FANFIC, olho toda hora pra ver se você ja postou outro capítulo, sua fanfic é demais, sempre me deixa super ansiosa pro próximo. Por favor continua ‪♡‪♡‪♡ ‬

    ResponderExcluir
  3. continuaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  4. Hahahaha Isso aí Skyler!!! Tô amando essa Fanfic 😍 😍
    C.O.N.T.I.N.U.A PLEASE TÔ MORRENDO DE CURIOSIDADE 😭 😭

    ResponderExcluir
  5. E O DIA FOI SALVO POR MAIS UM CAPÍTULO MARAVILHOSO�������� não demora pra postaaaaaar, sua fic é a melhor!!!!!

    ResponderExcluir
  6. Continuaaaaa!!!!! Quando eles irão assumir q estão caidinhos um pelo outro? Tá na cara

    ResponderExcluir
  7. Continua moçaaa! Meu deus, melhor imagine belieber!
    Ah, será que você poderia divulgar minha fanfic?
    Aki o link: http://fanficsdojustingostosaumbieberashua.blogspot.com.br/2017/01/believe-in-your-dream-personagens.html
    Agradeço muitissimo! Bjs lindaa! <3

    ResponderExcluir
  8. Vai demorar muito ?
    Postaaaa logooo , to anciosa .

    ResponderExcluir
  9. Na hora que tava ficando interessante o capítulo acaba? Que tipo de tortura é essa?
    Tá cada vez melhor, parabéns

    ResponderExcluir