06/11/2015

Capitulo 38 - Escolha Perfeita




- Esse hotel, parece ser confortável - disse enquanto Justin estava todo 
atrapalhado com nossas malas.

- É Cinco estrelas, claro que é - disse parecendo obvio - Seia legal se pegasse sua mala, não é? 

- O carregador de bagagens está vindo - disse e um homem chegou tirando as malas das minhas mãos e do chão e colocando em um carrinho.

Bonjour! Mme Ross et M. Bieber - nos cumprimentou assim que olhou os
nomes nas malas - Welcome to Paris - sorriu e Justin lhe entregou uma gorjeta, e mele sorriu agradecido.

O homem nos guiou até a entrada, e Justin foi á recepção pegar as chaves do nosso quarto

- Chave de ouro... Sério? - perguntei a vendo da mão do Bieber
- Foi Pattie e Regina que escolheram - deu ombros sorrindo e selou nossos lábios.

Subimos pelos elevadores, e nossas coisas estavam na porta do quarto, a nossa espera, entramos e vimos o belo o aconchegante apartamento que ficaríamos durante essas ferias, cada canto do lugar parecia ser de outro mundo. Minha mão caprichou bem. Caminhei para dentro avistando que havia, um quarto, dois banheiros, um era na suite, uma sala maravilhosa e uma sacada que tinha uma linda visão de Torre Eiffel.
                

- Já estou apaixonada com esse lugar - falei o olhando, enquanto o mesmo me encarava.
- Quero estrear a nossa cama.



- Pervertido, só pensa em coisa errada
- É a coisa mais certa que fazemos, amor - ele disse vindo até mim e beijando minha testa - O que quer fazer agora? Andar? Comer? Dormir? Tomar um banho?
Fiquei pensativa e disse - Andar!
- Tudo bem, vamos comer alguma coisa na rua e andar - deu ombros pegando e fomos.
Justin Fechou nosso apartamento e entregou a chave na entrada... Oh povo babão. Fica nos mimando.

Nossa que belo cabelo
que belas pernas
sorriso maravilhoso.
MENOS.

De mãos dadas, saímos avistando aquele paraíso de Paris, crianças alegres, vários casais de namorados, famílias... Realmente parecia ser o lugar certo, para quem quer sorrir.

- Olha, amor - disse apontando para um homem que estava pintado de estatua e me imitava. Rimos.

- Criativo ele - o homem fez a mesma expressão facial que Justin, tirando-nos gargalhadas.

A mais alguns passos, Justin parou e ficou encarando alguma coisa e eu não entendi.
- O que foi?
- Vem cá - me puxou e andamos para um beco entre uma padaria e subimos uma escadaria, e depois chegamos a uma especie de "praça" que tinha visão da torre.
- O que estamos fazendo aqui? - perguntei sem entender.
- Não se lembra?
- Não- disse fazendo uma careta e tentando recordar.
- Foi aqui, que disse que era louco com você, e você me deu um fora, por que eu te beijei - meru estomago embrulhou e eu fiquei sem graça.
- Queria poder mudar minha decisão aquele dia - fitei o chão
- Só em da o beijo que eu queria aquele dia - nossos olhares se fundiram e já me senti perdida.
- Por que não repete o mesmo ato que fez da ultima fez, e vê minha resposta dessa vez.
                 

Senti seus lábios nos meus e sorri entre o beijo, e não demorou muito para separarmos.

- E ai? - sorri para ele que logo me beijou novamente

- É assim que eu queria dá ultima vez 

- Agora você tem o que você queria - sorri 

- Quer fazer uma coisa louca? - sussurrou em meu ouvido 

- O que? - perguntei 

- Trasa comigo, aqui - meus olhos se abriram gigantescos

- Está louco? - gargalhei e ele se aproximou de mim, me agarrando pelo cós da calça 

- Por você - seu rosto foi em pescoço, fechando meus olhos logo em seguida.

- Justin alguém vai ver, isso vai sair em jornais quando souberem que somos filhos dos donos de uma das maiores empresas do USA - falei me distanciando.

- Até quando vamos ser assim? Ficar com medo deles? Vive o presente comigo, o resto que se foda 

O olhei fundo durante alguns segundos e me joguei em seus braços, e apenas queria sentir seu beijo, seu toque e seu corpo ao meu.

 12 Dias depois...

Estava no meu quarto com Justin me ajudando a organizar minhas coisas, pós viagem, pensei que nem voltaríamos juntos, alias, terminamos 9 vezes em Paris, por que el ficou de gracinha com umas modelos da TAZ Angels que estavam fazendo ensaio por lá. Mas a cidade do amor, nos uniu.

O telefone de Justin começou a tocar e ele correu ao banheiro e o pegou e o atendeu.

- Alô?- disse e se calou - Sim, ela está aqui comigo - Fala logo, meu Deus - disse impaciente e eu coloquei minha atenção toda em sua conversa, ele parecia aflito - Onde ela está? - deu um passo a trás e eu me ajoelhei na cama preocupada com sua expressão - Não, não pode ser - seu olho encheu d'água e mil coisas vieram em minha cabeça - Mas ela estava bem - suas lágrimas caíram e ele jogou o telefone no chão e me olhou.

- Para de me olhar assim caralho, me fala o que aconteceu - me levantei ele fitou o chão e logo depois me encarou 

- A Ceci morreu, hoje de manha

               

Continuaaaaaaaaaaaaa?


                   

                                               CONTINUAAAAAAAAAAAAAA?
                                                 + 3 COMENTÁRIOS?????
                                               SEGUEM O BLOG POR FAVOR
                                           Conversem comigoooo na minha ask.
                                                               MINHA ASK








4 comentários

  1. N Ã O A C R E D I T O!

    Continua :(

    ResponderExcluir
  2. Oh god 😢 Tristeza ... Continua <3

    ResponderExcluir
  3. Meu deeeeus :(
    Continua ta perfeitooo demais
    Leitora velha que só comentou 3 vezes ❤

    ResponderExcluir