15/08/2017

Nobody Sees: Capitulo 32 - By My Heart!

Imagem relacionada

Justin Bieber P.O.V

Eu estava cansado daqueles jogos, por mais que me excitassem, eles estavam me tirando do sério e quando eu perco o controle eu faço merda.

- Então deixa os tiras chegarem, se é isso mesmo que você quer - dei ombros cruzando os braços, ela colocou uma outra blusa que estava em sua comoda e me olhou como se quisesse me assassinar - Eles vão me levar pra cadeia, descobrirem tudo que eu faço e fiz e vão me condenar a morte, é isso que você quer não é? me ver morto? - cheguei mais perto e ela parecia tensa até que duas viaturas param enfrente sua casa

- Eu mandei você correr - respondeu e se assustou quando a campainha da sua casa foi tocada 

- Vai lá, avisa pra eles que Justin Bieber está aqui! ANDA - gritei e ela abriu a porta do quarto e desceu as escadas, eu sabia que ela não faria nada, ou faria?

Eu estava calculando modos de escapar caso algo acontecesse, até que a porta foi aberta e segui os olhos de Skylar que estava vagando nos meus.

- Eu realmente ia te dedurar, não fiz isso por um motivo apenas - ela chegou bem perto de mim - Sua família não merece a dor que vão sentir em ter você morrendo na cadeira elétrica - sua voz era tão fria quando neve, ela parecia estar tomada por ódio, não parecia ser a minha Sky, a minha garota.

- Não - sussurrei em sua direção - Você não fez isso por que sabe que sente algo por mim e não conseguiria viver sabendo que tirou a vida do cara que você é apaixonada

- Skylar Mayer não se apaixona, Bieber - ela deu uma risada e voltou a ficar serena - Nem mesmo por um playboy metido a besta que sempre foi mimado pelos pais e hoje anda por ai banhado a ouro e com putas nas costas, sendo cobiçado pelos mafiosos do país e por todas as vadias  dos patamares sociais - cuspiu as palavras em minha direção - Um cara rude, nojento, sem coração, que não quer nada além de sexo e autoridade, não sabe amar ninguém a não ser a si mesmo e todo seu império roubado por ele 

- Cala a boca - trinquei meus dentes sentindo a raiva subir em minha cabeça 

- Skylar Mayer se apaixona por gente de verdade, que se permite sentir - ela apontou o dedo no meu peito e seus olhos estavam horrendos - Eu me apaixonaria por um cara que soubesse amar, por um cara que sabe sorrir e cuidar, que não precisa ser perfeito, mas bom pra mim, eu apaixonaria pelo mais pobre e feio da cidade, mas que tenha um ótimo coração - riu - Agora por você? Não, acho que não - negou

- Você foi o erro que eu cometi na minha vida, meu passado obscuro e aterrorizante, você foi um atraso na minha vida, um caso que não precisava ter acontecido, não havia sentimento, você só me fazia mal, eu não vi e nem vejo mudança em você, por que suas palavras saem como cuspe da sua boca, qualquer hora e sem significado algum, eu não me apaixonei por você, Justin, foi só mais uma ilusão.

Algo estava entalado na minha garganta, eu queria falar algo, mas algo me impedia de simplesmente soltou um "a" se quer. 

- Não precisa dizer nada - ela disse vi seus olhos mais firmes que nunca - Eu já estive nesse lado do jogo, agora ele virou - ela deu um sorriso

- Eu sinto muito por tudo que eu fiz - fitei o chão - mas não aceito você falar de mim assim - tentei manter a calam 

- Não faz diferença pra mim

- Não vou deixar você em paz, eu quero você, tem que ser você - segurei seu rosto a obrigando a me encarar

- Então por que você fez aquelas coisas comigo? Quem gosta, cuida. Eu já disse - ela disse e nossos rostos estavam agora milímetros de distancia e nossos narizes roçaram.

- Por que eu sou um merda, um idiota, que se arrepende, mas move montanhas pra consertar o erro - respondi a puxando para um beijo ao qual achei que ela recusaria, mas não. Ela segurou meus ombros encaixando nossos rostos e correspondeu, eu senti um frio na barriga como se fosse um garotinho que acabava de ter o primeiro beijo, eu me sentia ridículo e ao mesmo tempo feliz. 

- Eu vou te provar de vez que eu sou o cara pra você - falei olhando em seus olhos

- Quero que você saia da minha vida

- Jamais

- Jus...

-  Só me aceite e conviva comigo, por favor, vai por mim você vai ficar ainda muito tempo se esbarrando comigo 

- Posso conviver com você perto de mim quando necessário - respondeu se distanciando

- Agora me responde uma coisa - falei apontando para a cama

- O que?

- De quem é aquela merda? - apontei para a camiseta que ela tinha vestido 

- Do meu irmão - ela deu um sorriso

- Não quero você perto de Arlow, ele está quieto á alguns dias, provavelmente está tramando algo grande por isso estou me mantendo por perto, por que estou com medo dele tentar fazer algo com você - dei um sorrisinho e brinquei com seu queixo e ela deu um sorriso não conseguindo se conter.

- Agora vai embora, que amanhã tenho que acordar cedo - ela me empurrou até a sacada

- Pra onde vai ir amanhã? - perguntei segurando sua cintura

- Não vou te falar, não quero você me seguindo, não tem um carregamento pra pegar não? - ela me afastou novamente

- Não, minha prioridade agora é você - dei um sorriso e sentei na poltrona que tinha ali e a puxei a trazendo para perto.

- Você é muito difícil, por mais que eu queira te perdoar e de te dar mais uma chance - ela suspirou - Você tenta consertar as coisas comigo fazendo mais merda, então isso me deixa irritada e me faz fazer merda também - disse fitando o chão, então beijei seu braço e a fiz me encarar

- Mas se ficarmos juntos ninguém faz merda mais - falei soltando uma risada e ela revirou os olhos rindo - O cara mais lindo com a garota mais linda, que tal?

- Não sou a mais linda - ela disse fazendo um bico me fazendo rir

- Você faz todas ficarem com ódio de você

- Realmente, pra despertar inveja alheia eu tenho dom - ela deu um beijo no ar me fazendo gargalhar

- Agora quem tem doença do Ego fortalecido? - ela riu - Sabe quem me ligou agora a pouco? - ela ficou com uma cara estranha

- Quem?

- Piper, os advogados vão entrar em um processo contra você, as fotos dela estão rodando todas as redes sociais - ela gargalhou

- Meu pai é Juiz, não tenho medo - gargalhei alto

- Mas eu já tirei seu nome de reta - falei relaxando os ombros

- O que você fez?

- Falei que se ela tentar te atacar eu vou fazer ela se arrepender e mato os advogados e faço questão de colocar ela como culpada da história - Skylar tapou a boca chocada e riu

- Você é demais - ela disse me encarando e ficou levemente séria

- Sou? .

- Você sabe que sim - ela deu um sorriso fraco - Mesmo sendo um pau no cu de vez em quando

- Por que não me perdoa por ser imperfeito?

- Eu sempre perdoei suas imperfeições, não perdoo seu jeito perfeito de me ferir, você faz isso perfeitamente quando quer, e não posso ser um brinquedo pra você manusear - ela se sentou em sua das minhas pernas e eu acariciei uma beijando seus cabelos

- Você tem um cheiro incrível, porra - falei sentindo aquele aroma tomar conta de mim

- Nós somos amigos agora - ela disse afastando-se

- Não somos não - a segurei firme - Você é a mulher que eu quero ficar, mas está fazendo cu doce como vingança, amiga é minha mãe, você é minha gostosa mesmo - falei colocando meu ponto de vista e Skylar gargalhou

- Cu doce? é assim que você chama minha decisão?

- Mas não é?

- Não, estou procurando coisas que me fazem bem - fria como neve

. Porra.

- Você não sabe o quanto me machuca quando você diz que eu não te faço bem, sendo que eu estou parando minha vida pra tomar conta de você, eu largo qualquer merda que eu estou fazendo pra fazer algo por você ou com você, eu mudei muito por você, coisa que não fiz nem pela Talyssa. Eu posso fazer merda de vez em quando, coisas que me arrependo, mas te fazer mal? Qual foi a última vez que você gostou de alguém, Skylar?

- Eu nunca gostei de ninguém - ela evitava de me olhar

- Muito menos eu - completei

- Não justifica, ou muda por mim, ou fica sem mim - ela se levantou - Agora pode ir embora, que está tarde e meus país já devem está chegando

- Eu vou - cheguei na cerca e a olhei - Mas eu volto - pulei na árvore e fiz meu trajeto até o chão e fui para meu carro, olhei para trás e ela não estava ali como de costume pra eu apreciar, então me lembrei de uma coisa. Fui até o banco de trás do meu carro e peguei meu "presente" pra ela. Fui até sua porta, coloquei lá e toquei a campainha  e fui correndo até meu carro sumindo dali.


Skylar Mayer P.O.V

NINGUÉM VÊ O QUANTO ISSO É DIFÍCIL PRA MIM!

Cada vez que eu tinha momentos assim com Justin meu coração palpitava e meu corpo tentava me dominar, dizendo, agarre-o, beije-o, fica com ele, Skylar! PERDOA ELE. Mas eu era mais forte e dizia a mim mesma que ele precisa ver que não estou brincando sobre a mudança.

Minutinhos depois de Bieber ir embora ouvi a campainha ser tocada e eu corri para atender, olhei pelo olho mágico e não havia ninguém, abri a porta e meus olhos desceram até o chão onde tinha duas rosas, uma vermelha e uma branca e uma carta, a peguei pra ler.

"Essas duas rosas representam duas coisas, a vermelha o seu coração preenchido por alguém e a branca ele vazio com apenas seus batimentos, coloque as duas na água, assista você mesmo qual se estraga primeiro, e qual prevalece! Até a natureza está ao nosso favor, Sky. Te darei milhões dessas se quiser, mas em troca quero apenas uma coisa, seja minha, faça sua escolha" 
- Do seu BadBoy Favorito. Justin Gostoso Bieber. 

Ele estava realmente disposto a me acabar de sentimentos, que porra de garoto que me deixa confusa, como eu queria que ele voltasse aqui e me enchesse de beijos, meu deus, como ele fazia isso comigo? Coloquei as rosas em um vaso na bancada do meu quarto e apaguei as luzes. Eu estava deitada com um sorriso no rosto, custei para eu conseguir dormir, mas acabei apagando.

Acordei disposta e corri até a cozinha dando de cara com meus pais com uma cara nada boa.

- O que aconteceu? - perguntei

- Malton - meu pai respondeu com desgosto 

- O que tem ele? 

- Ontem fomos buscar ele na casa de um amigo e chegamos lá todos estavam se drogando e chapados - juro que eu prendi a risada

- Eu sabia que se vocês trouxessem ele pra Atlanta ia ser isso - dei ombros e fui pegar algo pra eu comer

- É assim que se preocupa com seu irmão? - minha mãe perguntou irritada

- Quer que eu faça o que? Ele já é adulto e não pode ficar sozinho umas horas que já faz merda - protestei 

- Não sei onde eu errei com vocês - meu pai disse passando as mãos no cabelo 

- Pera ai - alterei - Com vocês?  - perguntei incrédula - Eu fiquei aqui um mês e o que ouviram de mim? Fiquei na minha só tirando notas altas - me defendi 

- Temos que voltar com Malton para Nova York - minha mãe disse e eu já sabia onde essa conversa ia parar então decidir sair. 

- Vou me arrumar que vou sair com as meninas hoje pra terminar o final de semana, até mais tarde -falei correndo pro meu quarto comendo um pão com queijo e tomei um banho rápido e me arrumei. 

"Meninas, tive uma ideia"  - Mandei mensagens para todas elas com meu novo planos de ficarmos livre daqueles garotos hoje. 

Justin Bieber P.O.V

- Bieber, segundo Adam, Arlow passou de carro enfrente a casa da Skylar hoje de madrugada duas vezes - Chris disse checando seu computador 

- Filho da puta - rosnei 

- Calma, estamos seguindo todos os passos dele - Chaz disse tentando me tranquilizar

- Pra onde elas vão hoje, Ryan? - me virei pra ele

- Igreja - ele respondeu e todos nos entreolhamos 

- Igreja? Porra - Jaxon resmungou 

- JUSTIN - a porta foi aberta pela minha irmã 

- O que eu já falei sobre abrir o escritório sem eu deixar? - falei ficando irritado por ser tão pra frente.

- Posso sair com as meninas hoje? Skylar me chamou, elas vão á igreja agora de manhã e de tarde vão a algum outro lugar - ela disse na esperança deu deixar

- O que meu pai disse?

- Meu pai foi pra Vegas com a Pattie tem dois dias, teria percebido se parasse em casa - ela disse 

- Pode ir - respondi e ela entrou me dando um beijo no rosto e saiu saltitando

- Sua irmão tá uma gata, porra - Chaz disse mordendo os lábios e passei meu revolve na sua cabeça e Jaxon passou a dele nas costas de Chaz

- Ta olhando pra mina errada, Bro - Ryan disse rindo da cara de assustado de Chaz

- Foi mal, Biebers - ele disse e soltamos nossas armas, mas continuando com a expressão séria. 

- Vamos mesmo á igreja? - Chris perguntou

- Sim, depois vamos descobrir pra onde elas vão, com Jazmyn no meio é mais fácil ainda, se Arlow rondou lá hoje é por que ele está tramando algo. - falei e eles concordaram 

- Então vamos...

Estávamos na porta da igreja que elas frequentavam.

- Isso vai dar ruim, Justin - Chaz disse se cagando em entrar - Igreja abomina vagabundos e porra nós vamos contra tudo que Jesus disse 

- Esse padre vai descobri de todas mulheres que eu embebedei e transei sem saber - Ryan disse dando um passo pra trás - E todas as traições que fiz com a America - respirou fundo - vai rolar não - negou com medo me fazendo gargalhar

- Você por aqui novamente, onde está a Skylar? - o padre chegou e os meninos ficaram estáticos 

- Ela já deve estar chegando - falei com minha voz mais falsa e angelical 

- Tudo bem, vejo que veio com amigos, entrem na nossa casa, irmãos - ele disse se virando - peguem os folhetos e paguem seus pecados 

- Pega no meu pai, tio - Jaxon resmungou e eu lhe dei um murro e o Padre se virou sem entender

- Ele sofre de doenças celebrais, coitado - falei com a cara de do e o Padre parecia ter compaixão 

- Em nome de Jesus tudo vai se resolver em sua vida, irmão, doenças são curáveis nas mãos do nosso senhor - ele disse colocando a mão na testa de Jaxon que me olhava como se quisesse me matar - Repita comigo: Eu serei curado

- Vai Jaxon, repete - falei implicante, pressionando os lábios para não rir.

- Anda, irmão, repete em nome da sua salvação - Chaz debochou 

- Eu serei curado - Jaxon disse com animo algum

- Minha vida será renovada, por que nas mãos do meu Deus 

- Essa eu vou até filmar - Chris pegou o celular e Jaxon estava quase surtando

- Irmão, pelo seu bem - peguei sua mão - Repete com o nosso Padre - falei fazendo Chaz e Ryan quase soltarem gargalhadas altas

- Minha vida será renovada, por que nas mãos do meu Deus  - respondeu em quase tortura 

- Nada é impossível - Padre disso

- Nada é impossível - repetiu 

- Amém - concluiu

- AMÉM - todos gritamos e começamos zoa-lo 

- Pronto estou curado, meu velho - ele disse para o padre - Bate ai - estendeu a mão e batei na do Padre - Tamo Junto - entramos.

A missa já havia começado e nada daquelas garotas até que eu recebi uma mensagem anonima.

"Olhem para trás"

Todos nós nos viramos na mesma hora por que todos haviam recebidos e lá estavam elas dentro de dois carros com sorrisos no rosto, VADIAS. Mandaram o dedo do meio pra gente e os carros sumiram de nossas vistas. 

- Vamos atrás delas - Ryan disse esbarrando em todos tentando sair até que uma senhora o parou 

- Termine a missa garoto, não queira Deus acertando as contas com você - ela disse e ele parou na mesma hora

- Fodeu, aborta missão, quero Deus resolvendo nada comigo não - ele disse - Tenho inimigo demais já 

Terminamos aquela missa no maior tédio, porra não estou acreditando que elas fizeram isso com a gente, elas estavam ficando mais espertas, mas meu medo era Arlow, não me perdoaria se algo acontecesse com ela.

Não sabíamos onde elas estavam, procuramos e tentamos rastrear, mas não obtivemos sucesso então voltamos pra casa frustados. Para esquecer isso decidimos começar a planejar nosso próximo assalto.

- Tem um professor aqui na cidade, que ganhou vinte e dois milhões de herança do velho, ele guarda ele no cofre que tem em sua casa, precisamos estudar mais sobre ele - Jaxon disse olhando nas máquinas

- Vão topar? - perguntei olhando os caras

- Por vintinha eu assalto até pelado - Ryan respondeu gargalhando

- Ninguém merece ver essa sua verruga entre as pernas, então por vintinha você vai vestido mesmo, por que se pensar em ir pelado nem eu mexo com isso - disse sério o zoando e os meninos riram alto.

- Ta tirando? - disse irritado

- Pega os dados desse cara, Christian - falei ignorando Ryan.

- Peguei, vamos precisar de disfarces severos - ele disse e nos entreolhamos sorrindo entendendo aonde vamos nos meter.

- Essa eu quero ver - Jaxon disse gargalhando

Cada um foi pra sua casa depois de tudo resolvido, liguei para Adam e Jordan para conferir se tudo estava certo e disseram que estava tudo bem com os negócios, principalmente com a mercadoria pesada que estou encomendando, a mais pesada de todas.

Jaxon foi para seu quarto e eu fui para meu, depois de dar um sermão de duas horas em Jazmyn por ter mentido pra mim, ela pareceu não se importar, mas ficou calada me escutando e foi para seu quarto como castigo.

Deitei em minha cama sentindo a mesma estava fria, com falta de alguém. Eu estava louco querendo transar, puta que pariu. Mas não era com qualquer garota, era com aquela loira desgraçada, aquela loira que me deixava sem chão, confuso de tudo que eu queria, essa dependência dela está me delirando, não consigo mais fazer nada sem pensar nela, mas porra, VIRA HOMEM JUSTIN BIEBER. Skylar é o caralho, você está iludido igual estava com Talyssa aquela vez, você manda em si mesmo, não muda por ninguém certo? Não sei mais. 

Olhei no relógio e era 10:00 PM de Domingo. 

"Que merda estou precisando de você, não queria pedir sua ajuda, mas preciso que venha até mim, rua Jackthy, Liveboard 25" 

Assim que vi o nome e a mensagem eu me levantei em uma velocidade absurda e coloquei uma bermuda de moletom e uma camiseta com um moletom por cima. Coloquei meu chinelo e peguei as chaves do meu carro e disse ao meu segurança chefe

- Quero segurança máxima, não sei se volto pra casa hoje - ele assentiu e eu entrei em um de meus carros e segui até o endereço que Sky mandou eu ir.

Cheguei e era uma casa que parecia ter algum movimento na parte de trás, olhei para o lado, perto da calçada e Skylar e Malton estavam tendo alguma especie de briga

- EU NÃO VOU FAZER ISSO PRA VOCÊ DE NOVO - ela gritou

- É SÓ HOJE, SKYLAR, EU PRECISO DE COMPRAR MEU CARRO PORRA - ele segurou seus braços com força e senti o ódio me dominar, mas ela logo se livrou dele com brutalidade

- VOCÊ É UM MERDA MALTON, MEUS PAIS JÁ ESTÃO VINDO E QUERO VER VOCÊ RESOLVER ISSO COM ELES - ela berrou socando os peitos do irmão e eu senti que estava quase na hora deu entrar em ação

- VOCÊ SEMPRE FOI UMA VADIA POR QUE HOJE NÃO QUER SER UMA? - ele disse acertando o rosto de Skylar e caralho quando pisquei eu estava bem perto dela.

- VOCÊ É LOUCO? - falei o empurrando com força

- Chamou seu cachorrinho pra te ajudar, Skylar? - ele debochou e eu lhe acertei um soco forte.

- JUSTIN - ela se assustou com meu ato

- NUNCA MAIS A CHAME DE VADIA PORRA - fui acertando socos e mais socos, chutei seu estomago

- PRA ELE VOCÊ GOSTA DE SER UMA QUALQUER NÃO É?

- MELHOR CALAR A PORRA DA SUA BOCA MALTON - disse voltando a soca-lo só que senti meu corpo ser puxado pra trás por uma força masculina e quando me virei era o pai da Skylar

- SEU MALDITO, O QUE VOCÊ FEZ COM MEU FILHO - a mãe dela se abaixou perto de Malton e eu não dei ouvidos e abracei Skylar que estava com a respiração tensa.

- VOCÊ NÃO TINHA ESSE DIREITO, GAROTO, EU VOU CHAMAR A POLICIA - Senhor Mayer disse e eu joguei seu telefone longe

- Sabe por que os seus filhos incluindo a Skylar passam por tanta coisa? Por que vocês os mimam  como crianças que nasceram em berço de ouro - disse apertando ainda mais Skylar contra mim - Malton estava querendo que a Skylar agisse como uma vadia hoje para ajudar-lo a ganhar dinheiro, você seu sorte que você chegou, por que minha vontade era de matar seu filho - ele parecia assustado

- Tira a mão de minha filha - ele disse e eu não obedeci - TIRA AS MÃOS DELA PORRA - ele puxou a Skylar que me olhou triste.

- Não quero você perto de Skylar, Justin - agora foi a vez de Lucy dizer

- Nunca vou me afastar de Skylar

- Então a afastaremos de você, seu monstro - ela cuspiu as palavras

- Parem de falar assim com ele, Justin só tentou me ajudar, ele veio assim que o chamei, eu estava com medo de Malton, ele está chapado - Skylar disse se soltando de seu Pai.

- Uma coisa era ele te tirar daqui a outra é ele quase matar seu irmão - Lucy disse me olhando friamente

- Deu sorte que eu não matei, mas to quase - encarei Malton que me olhava com um olhar demoníaco

- Sou Juiz garoto, eu vou fazer um mandato para você ir pra cadeia ainda amanhã - Mayer disse e eu dei uma gargalhada

- Não sabe com quem está se metendo senhor Mayer, que tem um escritório no centro da cidade e que na prateleira seis de sua sala tem um livro preto o qual você esconde desvio de ordens para policiais que o paga para não serem condenados - falei sereno - Sabe o que eu fiz com esses registros? Tirei várias e várias cópias, me põe na cadeia, que você perde seu emprego e ainda é preso por incompetência e suborno judicial - disse bem perto dele

- Você invadiu meu escritório?

- Eu sempre estou um passo a frente de qualquer inimigo, acha que a quanto tempo eu sigo seus passos? Você é o cara que pode pegar minha cabeça porra - ri - Como eu não estudaria os Juízes da cidade? Mas a unica coisa é que eu não sabia que era pai dessa garota maravilhosa - apontei para Sky que me olhava incrédula - Descobri aquele dia na sua asa.

- Você está ferrado comigo - ele disse

- Você que devia tomar cuidado, não nenhum bandidinho que você prende por ai, eu sou o dono de Atlanta e nessa cidade quem manda sou eu, então se não quer complicações pro seu lado e que ninguém saia ferido, fica na sua e não queria me dar ordens - disse firme, fui até Skylar beijei seu rosto e me dirigi até meu carro.

Cheguei em casa e eu estava esperando noticias dela, até que meu telefone tocou

- Oi, senhor corajoso - ouvi aquela doce voz rouca, ela parecia ter chorado

- Você andou chorando? - perguntei preocupado

- Depois de tudo que ouvi, com certeza umas lágrimas rolaram - ela deu uma risada

- Quer que eu te busque? - perguntei

- Não, estou bem, amanhã eu tenho aula cedo - respondeu com uma voz baixa

- Desculpa pelo o que eu fiz com seu irmão, mas eu não aguentei

- Eu queria que você tivesse batido mais - ela deu uma risada e eu a acompanhei

- Não fiz isso por você - suspirei

- Obrigada, depois de tudo que fiz com você você ir lá e me defender daquele jeito 

- Sempre vou te defender, qualquer hora do meu dia 

- Bieber - ela disse respirando fundo e eu estranhei sua voz dessa vez, ela parecia estar com o choro entalado

- Sim? 

- Acabei de olhar para minha bancada e sabe o que eu acabei de ver? - ela parecia estar chorando agora, então senti meu peito doer mais ainda

- O que é, Skylar? Estou ficando confuso 

- A rosa branca já murchou, Bieber! Algo está a nosso favor.

                                 
CONTINUA MARAVILHOSAS? 12 COMENTÁRIOS?!!!!!
ESTÃO COM SAUDADE DO CASAL DE VOCÊS? LÁ VEM HISTÓRIA...
Talyssa está chegando com um novo amigo.

    Abri Ask.fm perguntem lá @mandspeixoto 
>>>>>>>>>>ANONIMO NÃO COMENTA MAIS DE UMA VEZ. <<<<<<<<<
GENTE VAMOS CHEGAR A 50 SEGUIDORES.
COMENTEM COMENTEM COMENTEM!

15 comentários

  1. MEU DEUUUUSSSSS já falei que essa é a melhor fic? Não? Essa é a melhor fanfic que eu já li!! E esse final lacrador? AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAÁAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH Se tu não continuar logo eu vou morrer mulher! Rir litros com o Xon e os meninos e o padre KKKKKKKKKKKKKKKKK carai demais

    \\Evelyn\\

    ResponderExcluir
  2. Amando estou, apaixonada estou !!
    Continua logo por favor!!!!

    ResponderExcluir
  3. Impossível não rir!! Kkkkk amooooo
    Continua pelo amor de Deus !!

    ResponderExcluir
  4. Continuaaa, melhor fanfic <3
    /Brenda

    ResponderExcluir
  5. Continua please!!!
    Melhor autora, pq sim ��
    //Antonieta

    ResponderExcluir
  6. Continua amoreee
    // Andressa

    ResponderExcluir
  7. Meu Deus! Eles precisam voltar! Agora ainda tem o pai da Sky, por favor não me fale que ele vai levar ela para longe!? Bieber fez bem quebrando a cara do irmão dela mereceu e defendeu a mina dele!

    ResponderExcluir
  8. CONTINUAA AAAAAAAAAAAA❤️❤️ 13 comentarioss!!<.3

    ResponderExcluir
  9. Caramba!!
    Passei a madrugada toda lêndo essa fanfic. E mas ela é prefeita!!!
    Por favor continua!!
    //Michelle

    ResponderExcluir
  10. MEU BRASEEEL, ESSA FIC É MARAVILHOSA ❤
    SOU LEITORA NOVA, COMECEI A LER FAZ POUCOS DIAS E QUANDO COMECEI NÃO CONSEGUI PARAR MAIS, E CÁ ESTOU EU TE IMPLORANDO PRA CONTINUAAAAR POR FAVOOOR ��❤

    ~ Caroline//

    ResponderExcluir
  11. AAAAAAAAAA TÔ AMANDOOO. CONTINUAAA 😍❤

    ResponderExcluir