09/07/2015

Capitulo 32 - Escolha Perfeita



- Abre a port, Rebecka - falou com sua voz grossa e eu fechei o olho apertado sem saber o que fazer.

- Pai, estava dormindo, me deixa - falei fingindo voz de sono e Justin enterrou seu rosto em meu pescoço, para não gargalhar alto

- Então está tudo bem ai? Qualquer coisa me grita - falou e eu assenti.

- Ta - falei e esperamos alguns minutos para ver se ele realmente tinha ido.

- Ele estragou o clima - Justin remungou

- Ele sabe que voce está aqui - Justin me olhou assutado

- O que?

- É, ele não é trouxa, mas ele sabe que se ele entrar aqui o clima vai ficar estranho, então ele evitou constrangimento - falei e Justin ficava estático - Mas esquece isso, e vamos terminar o que voce ia fazer - falei maliciosa e ele veio direto em minha boca.



Acordei com preguiça de acordar, eu tive uma noite maravilhosa e felizmente a luz do dia não ardeu meus olhos logo de manha, Justin não estava mais na cama, o que me deixou chateada, fiquei com preguiça de levantar, então fiquei deitada pensando em coisas alheias e principalmente no meu futuro. EU não gosto de pensar em futuro, por que posso criar expectativas e não acontecer, mas quando se trata de Justin, eu quero que temos algo incomum, algo que nós seremos unicos.


EM meios pensamentos a porta se abriu e eu apertei os lençóis contra mim, mas era ninguém mais, ninguém menos que o próprio dono dos meus pensamentos.

- O que você está fazendo aqui? - perguntei sorrindo e ele veio e se deitou ao meu lado.

- Bom, seu pai me ligou e me pediu para vim aqui, para ficar com voce - falou  e eu não havia entendido.





- O que? Voce não dormiu aqui? - fiquei confusa.

- Não, depois que voce dormiu, achei melhor ir embora - explicou e eu fiquei séria.

- Sem graça voce hein?

- Me dá um beijo de bom dia? Ou melhor, de um mês de namoro? - o olhei por alguns segundos e sorri.

Ele havia lembrado.

- Achei que voe não importava com essas coisas, e não lembraria - sorri fraco e ele me pegou me jogando na cama e me enchendo de beijos.

- Um mês de felicidade, um mês com a garota que eu amo, um mês que eu me achei, e nem sabia que estava perdido, um mês que agradeço por você, como eu poderia esquecer? - falou beijando por ultimo minha boca.

- Nossa, acordou inspirado - zombei

- E você irônica como sempre - sorri convencida.

- o que vamos fazer hoje? - perguntei

- Podemos ir a uma festa, quero aproveitar ao máximo das festas, das loucuras, do ar festeiro de Los Angeles - disse com os olhos brilhando.

- Essas festas que você frequentava, não era tipo prostituas e drogas?

- Bom eu só usava as prostitutas, as drogas não - explicou.

- Então não vamos - falei sendo óbvio

- Ciúmes? - perguntou chegando bem perto do meu rosto, com um sorriso travesso.

- Sim, por que? - cruzei os braços

- Por que você fica fofa quando está com ciúmes

- Não fico com ciúmes frequentemente - protestei.

- Só sempre - sorriu

- Mentiroso

- Mentirosa

- Cade minha mãe?

- Esta na cozinha - respondeu

- Estou com saudades dela - falei olhando para baixo.

- Então vai  ve-la - falou

- Vai comigo?- perugntei

- Só colocar uma roupa, por que tem um marmanjo andando por ai - o olhei sem entender.

- O que? Quem? - perguntei.

- Um tal de Pedro - respondeu fechando a cara

- Pedro está aqui? - respondi sorrindo e ele ficou mais sério ainda.

- Quem é esse idiota?

- Meu primo, Justin, meu primo, não ele não quer meu corpo nú - respondi o fazendo gargalhar.

-  Primo não é irmão - falou e foi minha vez de rir - Eiu já peguei minha prima.

- Não quero saber - falei serena

- Vamos ou não? Mal humorada - beijou meu rosto e eu levantei e ele bateu na minha bunda - Gostosa - falei com cara de funkeiro brasileiro me fazendo gargalhar

- Se manca Bieber - falei indo ate o banheiro e tomei um banho rápido e troquei de roupa


- Voce está sexy, mas não vai ficar perto daquele idiota, com essa roupa não - Justin falou me olhando de cima a embaixo.

- Voce não manda em mim Bieber - rebati.

- Mas você é a minha namorada e eu não quero que você fique assim perto dele, eu sou homem, eu sei o que ele vai pensar quando te ver e sei que vou querer dar um soco na cara dele quando o olhar dele  bater nesse seu short curto, isso está igual calcinha jeans - não conti o riso e beijei sua boca 

- Ele não me deseja, Bieber, e mesmo se desejasse eu escolhi você - sorri e peguei sua mão e ele apenas começou a caminhar junto a mim.

- PEDRO - soltei Justin e fui ao abraço apertado de Pedro.

- Bebe, quanto tempo - ele me girou no ar e beijou meu rosto.

 Justin Bieber pov.

BEBE? BEBE? eu vou enfiar uma faca no meu das bolas desse cara se ele chamar a MINHA namorada de bebe novamente.

Cof Cof

Tosse sinico os fazendo me notar e Becky sorriu com vergonha.

- Quanto tempo voce vai ficar aqui? - A MINHA bebe perguntou

- Apenas alguns dias - o Pedro respondeu

- Graças a Deus - resmunguei ele me olhou.

- Falou algo?

- EU? Claro que não - falei levantando minhas mãos ao alto.

- Onde está minha mamis gatinha? - Becky perguntou

- Na cozinha - Pedro respondeu e Becky foi correndo até lá, deixando eu e ele sozinhos.


Mal escolha Becky.

- Então... voce estava com a Becky lá em londres? - perguntou

- Sim - respondi rispido.

- Devem conhecer um idiota que estuda lá - falou

- Quem?

- Zayn Malik - quase engasguei.

- Conhece esse pedaço de merda?

- Sim, ele é conhecido como pegador de namoradas, ele roubou minha namorada Tiffany e fez a cabeça dela, agora ela tem ódio de mim e eu dos dois - quase engasguei novamente.

- Cara - ele me olhou - Acho que voce acabou de ganhar um novo amigo. - ele sorriu.

Ficamos conversando durante um BOM tempo, eu tive uma mal impressão dele, mas o cara é demais, gente boa, odeia os cretinos britânicos e  disse que faria qualquer coisa por vingança, contei toda a minha historia com eles e ele ficou boquiaberto, estávamos planejando algo contra eles, meio que de zoação e demos varias risadas sobre os assuntos e seus detalhes.

- Olha, achei que brigariam - Becky chegou se sentando em meu colo.

- Esse cara é incrível - Pedro disse e eu sorri.

- Sabia que ele conhece Zayn e a ex dele é a Tiffany? - Becky teve a mesma reação que eu e o olhou.

- Ta brincando?

- Não - riu

- Cara, que mal gosto voce - ele ficou sério parecendo triste e eu ri 
  
- Tenho mesmo Becky - Pedro afirmou - Eu queria muito conversar mais, mas eu tenho que ir até a empresa, meu pai quer umas ajudas lá, amanha venho ver voces - falou e se levantou e fizemos o mesmo para despedir dele.

Pedro se foi e fomos andar, a levei a uma lanchonete legal aonde tinha varios tipos diferentes de comida e doces, ela ficou encantada e se sentiu muito confortavel.

- O que o casal deseja? - uma morena com decotes bem apertados chegou a nossa mesa.

- Quero um pedaço de bolo de Chocolate com nutella e Cupcake de baunilha - Becky pediu

- E eu o mesmo - falei e ela jogou o cabelo para o lado e eu revirei os olhos, mas Becky não percebeu pois estava entretida com sua carteira.

- Baby, vou no banheiro - Becky se levantou e caminhou atá lá.

A  mesma morena passou e colocou um papel dentro do bolso da minha camisa e eu o olhei e era um numero de celular, provavelmente o dela, rasguei o papel e vi sua cara de ofendida.

- Não traíria minha namorada por tipo de mulher que voce é - dei uma piscadela para ela que se retirou batendo pé e com vergonha de seu proprio ato

Melhor assim.

Becky voltou e comemos tudo que pedimos, e ainda levamos mais alguns doces que estavam na prateleira e ela ficou toda feliz.

- Vamos a uma festa hoje?- perguntei - Ryan chegou com a Melly e querem ir.

- Se voce se comportar, vou sim - falou fitando a janela enquanto eu me concentrava na estrada.

- Claro que vou - respondi

- Então vamos.



Já beirava nove da noite e Becky estava extravagante, com um vestido apertado em seu corpo e com fitas de renda preta que me deixavam até zonzo, ela tinha um corpo divino e qualquer coisa ficava bom nela, sua maquiagem reforçava seus olhos e seu batom vermelho me fazia sentir meu membro pulsar.

O mulher.

- Está perfeita, vou ter que me segurar para não bater em quem não olhar pra voce hoje - falei - Não tinha um vestido maior não? - perguntei fazendo um bico e ela o desfez com um beijo rapido.

- Para de ser bobo e vamos logo - ela me puxou até sua mãe e ela a abraçou e assim eu fiz o mesmo.

- Juizo meninos e boa festa pra voces, não cheguem muito tarde - falou e sorrimos e fomos.

O lugar estava bem movimentado, era uma festa social em uma mansão fechada, tinha varias pessoas usando drogas, mulheres com mulheres, homens e mulheres e orgia para todo canto, isso fez Becky fazer cara de nojo mas logo que viu um pessoaç conhecido ela abriu o sorriso.

- Justin e Becky no mesmo lugar e isso aqui ainda não explodiu? - Yago disse assim que nos viu

- Amor e ódio andam juntos, agora estamos namorando cara - falei com orgulho e ele abriu um sorriso

- Parabens ao casal, se divirtem-se a casa é de vocês essa noite, qualquer coisa podem falar comigo jaé?

- Jaé - fizemos um tipico toque e ele sumiu no meio da multidão.

De cara vimos Melly Ryan e Chaz no meio da pista de danças e as meninas se abraçaram, e eu cumprimentei os meninos.

- Pensie que nem veria voces nesse verão cara - falei para eles.

- Demos nosso jeito, Chris ficou por lá e para fazer companhia a Ceci que não pode viajar para tão longe mais - o clima ficou tenso por causa de nossa amiga.

- Que eles se divirtem lá - sorri e todos sorriram

- Vem Becky, vamos nos divertir - Melly puxou Becky pela mão e eu e os meninos fomos para um canto para conversar e bebermos.

Ao longe podia ver as meninas no bar, mas eu e Ryan ficamos sérios quando dois caras chegaram e ficaram pegando em seus ombros e depois pagou uma bebida para elas, de longe eu vi o cara da esquerda colocando algo na bebida e isso me irrritou muito.

- Bieber voce viu? - Ryan perguntou

- Vamos pergar eles - falei colocando meu copo na bancada em meu lado e comaçamos a caminhas para perto daqueles idiota..

Vai ser uma grande noite!

- AMOR NÃO BEBE - disse jogando seu copo longe e ela ficou me olhando 

- O que  é isso Justin? - me pperguntou nervosa

- Esse idiota colocou droga na sua bebida, e eu nem sei por que voce está aceitando bebida de estranho sendo que voce tem namorado - falei nervoso e Ryan e já estava quase batendo nos caras

- Nós recusamos, eles que pagaram mesmo assim - explicou 

- Deem o fora daqui antes que eu quebre o maxilar de vocês -trinquei os dentes para eles que não duvidaram da minha capacidade e sairam de perto de nós

- Voces são loucas? - Chaz perguntou incredulo

- VOCES SÃO MUITO CHATOS, MAS QUE  DROGA - Melly explodiu

- JÁ DISSEMOS QUE NÃO ACEITAMOS NADA - Becky estava vermelha de raiva.

- Fica perto de mim, não podia ter trago voce aqui - bufei

- Eu ei me cuidar sozinha - falou e eu rir.

- Sabe tanto que ia se drogar em uma bebida - ela ficou calada e eu abracei - Fica perto de mim.

Ficamos todos dançando e bebendo até madrugada, Becky foi a única que não bebeu e era a única que estava sóbria.Eu acho.

- Vamos embora, isso aqui já está demais - falou pegando minha mão - Eu vou dirigir.

- EU ainda tenho meus sentidos - falei sentindo minha cabeça latejar

- Não brinca comigo garoto, paciencia tem limite - ela me puxou e Melly veio puxando Ryan e Chaz ficou lá parado então paramos.

- Voce não vem Charles? - perguntei

- Não tem ninguem pra mim levar não? - perguntou e todos riram

- Vem rapido caralho - Becky falou e eu tentei a beijar mas ela não deixou.

- PARA COM ISSO, DEIXA EU TE BEIJAR - falei 

- NAO, VAMOS EMBORA - falou e todos entraram no carro e ela dirigia muito devagar

- Pelo amor de Deus Rebecka, dirigindo assim vamos chegar em casa amanha- falei 

- Ta pior que tartaruga - Ryan falou e eu e Chaz e ele caimos na gargalhada

- TARTARUGA - Chaz falou e rimos novamente.

- Vai ser uma longa noite Becky - Melly falou

- Nem se fala - resmungou

Becky POV

Cheguei na casa do Justin para despejar Justin, Chaz e Ryan e os levamos até o quarto de Justin

Quanto tempo que não vinha nessa casa - pensei.

Ao chegar ao quarto de Justin, tinha uma garota deitada em sua cama mexendo em seu celular.

- Quem é voce vadia?

CONTINUAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA?
...........................................................................................................................

                                                        >>>> Divulgando<<<< 
............................................................................................................................
MEU AMORES
Desuulpa a demora, eu perdi meu tio, meu vizinho,m foi epoca de recuperação entao foi umas semanaas corridas!
E eu queria contar uma novidade para vocessssssss!
Eu abri um canaaal!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Se gostarem se increvem, deem um like!!
E me deem suas opinooess
ahaha Beijooooo

10 comentários

  1. Prevejo treta no próximo capítulo Kkk
    Treta *-*
    Continua logo
    Bju :*

    ResponderExcluir
  2. Hhhuuu... ameii... quem é essa puta já?. ..(to esperando treta também).. continua. Logo nem pense em demorar..kkk. bjinhos

    ResponderExcluir
  3. Divulga meu Blog????
    http://www.imaginesdobiebercommtoswag.blogspot.com.br/
    Obrigado!!

    ResponderExcluir
  4. Meu Deus o.o
    Quem será essa louca? kkkkkk
    CONTINUA AMOR <3

    ResponderExcluir
  5. Continua anjo please🙏💕 está perfeito, vejo treta👀

    ResponderExcluir